Você está aqui: Home › Colunas › Editorial
Editorial

E-mail: noticiasdaregiao@terra.com.br

29/01/2018
O Notícias e a Cidade Dutra

Desde o último dia 22 de janeiro, o “Notícias da Região” está um pouco mais distante, fisicamente, do largo do Rio Bonito e da avenida Atlântica, e agora ao lado do CEU Cidade Dutra e próximo do Hospital Maternidade Interlagos. Ele está na avenida Interlagos, 7213, e no mesmo bairro, a Cidade Dutra.

O “Notícias” continua em sede própria, agora uma ampla casa, com a mesma equipe, o mesmo formato, a mesma periodicidade, a mesma distribuição, a mesma linha editorial, a mesma consideração e mesmo respeito para com o leitor, colaboradores, anunciantes, população e região em que nasceu, se desenvolveu e nela hoje está de maior, 18 anos.

O “Notícias” mudou de endereço no dia 22 de janeiro de 2018, mas há 69 anos atrás, só que no dia 25 (ou 24?) de janeiro, acontecia..., bom, essa historia quem conta é Luiz Carlos de Assis, prezado amigo e assessor da Prefeitura Regional Capela do Socorro:

“Foi em um dia como este 25 de janeiro. As quinhentas casinhas planejadas, simples, mas confortáveis, estavam em início de construção. O então presidente da República, Eurico Gaspar Dutra, estava a caminho. A sensação era de início de uma ideia grandiosa. E era mesmo: em 1949, o pequeno loteamento serviria para abrigar operários da Light, que operava a represa (de Guarapiranga). Depois da cerimônia e dos discursos, o presidente voltou ao Rio de Janeiro, então capital do Brasil, e aqui ficou a Cidade Previdenciária Presidente Dutra – Cidade Dutra, hoje um dos distritos da Capela do Socorro. Em 2018, Cidade Dutra completa 69 anos.

As casas só ficaram prontas no ano seguinte, 1950. O loteamento tinha infra-estrutura básica com algumas ruas pavimentadas, pouca iluminação pública. A água era bombeada de nascentes que formavam o lago do Autódromo. Com o loteamento e as casas, vieram as famílias dos operários que desenvolveram o distrito.

Com as pessoas, vieram linhas de ônibus, comércio e novos loteamentos que formaram outros bairros. O comércio espalhou-se pelas avenidas professor Papini, Atlântica e senador Teotônio Vilela. E foi assim que o bairro, pequeno a princípio, tornou-se um polo de desenvolvimento do extremo da zona Sul de São Paulo.

Hoje, o bairro que nasceu da necessidade de mão-de-obra da Light e de outras empresas, tornou-se um grande distrito, com bairros como Parque das Árvores, Jardim Satélite, Jardim Primavera e Interlagos. É aqui que se encontra o Autódromo José Carlos Pace, palco das corridas de Fórmula-1, e o Sesc Interlagos, por exemplo.

Cidade Dutra ocupa 29,30 quilômetros quadrados dos 134,20 da Prefeitura Regional Capela do Socorro. Os 30 mil moradores da década de 1950 multiplicaram-se. Hoje, moram no distrito mais de 203 mil pessoas — com densidade de quase 7 mil pessoas por quilômetro quadrado, a maior da região.

As 203 mil pessoas que vivem em Cidade Dutra têm lugares especialmente calmos e tranquilos, como a praça Piemonte, na Vila Santo Antônio, um refúgio de antigos moradores. Ou fervilhantes no comércio, como a avenida senador Teotônio Vilela. Há também bancos, escolas e Correios. Restaurantes e casas noturnas ficam principalmente na avenida Atlântica.

O bairro todo é um orgulho de seus moradores. É ordenado, limpo, bonito, embora, às vezes, caótico. Mas sempre um orgulho”.

Portanto, neste mês de janeiro de 2018, parabéns a Cidade Dutra, e que o “Notícias” seja feliz no novo endereço. E pela colaboração, obrigado Luiz.




Coluna Interlagos

Confira aqui as notícias da sociedade e as fotos de quem é notícia em Interlagos e região.